Esta é a tradução à letra do movimento Slow Food criado em 1989, em antítese ao Fast Food, este movimento pretende contrariar o estilo de vida stressado do nosso quotidiano, o desinteresse das pessoas naquilo que comem e como é produzido e recuperar as tradições alimentares locais.

Presente em 150 países, com 100.000 membros e 1300 convivia (capitulos locais) e uma rede mundial de 2000 comunidades de alimento que praticam uma produção de alimentos em pequena escala e de forma sustentada.

Amanhã o movimento reúne-se em Paderne, para mais informações cliquem e visitem a página da iniciativa.